terça-feira, 24 de abril de 2012

Inuyasha (anime)


Olá a todos!

Fico feliz que tenham arranjado um tempinho para ler minha resenha do anime Inuyasha. Essa é a minha primeira resenha, então ainda não sei muito bem quais pontos eu devo focar, mas mesmo assim estou tentando fazer um bom trabalho e espero que vocês tenham paciência e tempo para ler rsrs


Uma história cheia de aventuras, batalhas, conflitos e romance!

Título: Inuyasha
Autora: Rumiko Takahashi
Gênero: Shonen, ação, aventura, fantasia, romance
Número de episódios: 167
Emissora de TV: Nippon TV
Direção: Masashi Ikeda
Estúdio: Sunrise
Período de emissão:16 de outubro de 2000 à 13 de setembro de 2004



Inuyasha é uma criação da famosa mangaka Rumiko Takahashi.

A história se passa em duas eras totalmente diferentes: Japão Feudal e Japão moderno. No Japão da era feudal, onde humanos e youkais travam batalhas mortais, existem também aqueles que são fruto do amor entre esses seres tão diferentes. Inuyasha é um meio youkai, ele tem uma mãe humana e um pai youkai.
Por ser diferente e não se encaixar em nenhum dos dois lados, Inuyasha, desde criança, é discriminado tanto por humanos, que o consideram perigoso, quanto por youkais, que o consideram fraco. Para vencer suas frustações (e também porque não teve escolha, já que acabou ficando órfão), o jovem resolve viver sozinho, buscando sempre os mais variados desafios e tentando ficar cada vez mais forte, lutando com muitos youkais malignos.



Um lindo jovem de cabelos prateados e orelhas de cachorro...Kawaii

De uma lenda antiga, nasce a joia de quatro almas (ou shikon no tama em japonês), uma bolinha brilhante capaz de dar poderes inimagináveis ao youkai que a possuir. Essa joia desperta a ambição de muitos youkais, inclusive de Inuyasha, que tenta encontrá-la.
Como uma simples bolinha brilhante pode ser a causa de tanta confusão e intriga?

Kikyou é a única capaz de proteger a jóia dos Youkais malignos. Ela tem o dom de purificar o mal.

O que ele não sabe é que a poderosa joia é protegida por uma bela sacerdotisa chamada Kikyou, aquela que carrega o fardo de lutar com qualquer youkai que tente se aproximar da joia de quatro almas.

Depois de se conhecerem, não leva muito tempo até eles perceberem que estão completamente apaixonados. Inuyasha e kikyou são aquele tipo de alma gêmea condenada, pois ao se apaixonarem, estão fazendo algo que além de ser proibido é extremamente perigoso.

Um belo passeio de barco...que romântico! Inuyasha sempre com essa cara amarrada rsrs
Depois de conhecer Inuyasha, Kikyou está disposta a deixar de lado sua vida de sacerdotisa e viver como uma mulher normal.
Lindo momento...acho que não preciso dizer mais nada né?

Exercendo sua função de sacerdotisa, Kikyou cuida de um homem gravemente ferido numa caverna. Ela, sendo uma pessoa muito bondosa, não percebe o mau caráter do homem, que além de ser um ladrão cruel, é capaz de fazer qualquer coisa pelo poder e pelo desejo de ter a sacerdotisa em seus braços (isso mesmo, ele se apaixona por ela).

Onigumo, um ladrão perverso que teve seu corpo queimado, mas ainda assim o desgraçado sobreviveu!

O ladrão troca sua alma pela regeneração de seu corpo, permitindo que centenas de youkais se apossem de sua carne, fazendo com que se torne o youkai mais poderoso de todos os tempos, Naraki (ou Naraku).

Depois de ser possuído por tantos youkais, Onigumo se transforma em Naraki (ou Naraku)

Sendo capaz de tomar a aparência de qualquer coisa, seja humano ou youkai, Naraki resolve atrapalhar o relacionamento de Inuyasha e Kikyou. Fingindo ser Inuyasha, Naraki ataca a sacerdotisa, e ela, pensando que havia sido traída pelo seu amado, acaba se deixando levar pelo sentimento de ódio. Kikyou vai atrás de Inuyasha e o ataca (desta vez, o Inuyasha verdadeiro). O jovem meio-youkai, pensando que sua amada já não era mais digna de sua confiança, resolve fazer o que ele ainda não tinha feito graças aos apelos da sacerdotisa: roubar a joia de quatro almas.

Kikyou, mesmo ferida, vai atrás de Inuyasha e atira uma flecha em seu peito.

A história termina (ou não) de um modo trágico: o casal apaixonado se transforma em inimigos mortais. Kikyou toma a decisão mais dolorosa de sua vida e atira uma flecha no peito de seu amado, deixando-o “lacrado” numa árvore e adormecido pela eternidade.

Inuyasha é atingido no coração e acaba lacrado numa árvore. Lá ele permanece adormecido por 50 anos.

Kikyou já estava gravemente ferida (por causa dos ataques de Naraki) quando atacou Inuyasha e o impediu de roubar a joia, por isso, antes de morrer, ela ordena que sua irmã mais nova queime seu corpo junto com a valiosa bolinha, assim, a joia não causaria mais nenhum mal e passaria a eternidade no mundo dos mortos.

Depois de lacrar Inuyasha, Kikyou pede para ser queimada junto com a joia de quatro almas.

Séculos depois, no Japão da era moderna, a história centraliza-se em uma estudante de colegial chamada Agome (ou Kagome). Ela é uma jovem extrovertida, engraçada, espontânea e não tem medo de dizer o que sente. Mora com seu avô, sua mãe e seu irmão mais novo. Apesar de uma personalidade muito diferente da personalidade de Kikyou, as duas possuem algo em comum.

Quando completa 15 anos, Agome, procurando por seu gatinho de estimação, acaba caindo dentro de um poço, na verdade, ela é puxada para dentro do poço por uma mulher centopeia. No interior do poço, Agome percebe que algo saiu de seu corpo. Imaginem só o que é? Nada mais nada menos que a joia de quatro almas!


Se a joia foi levada para o túmulo pela sacerdotisa kikyou, então a única conclusão que podemos tirar é que a sacerdotisa voltou!

Agome (ou Kagome) segurando uma réplica da joia de quatro almas. Antes de ir para a Era Feudal, o avô de Agome lhe conta sobre a lenda da joia.

Agome viaja no tempo e vai para e era feudal, lá ela encontra um belo rapaz de orelhas de cachorro que está adormecido numa árvore com uma flecha enterrada no coração. Agome logo se interessa por ele, porém, ela quer voltar para casa e tenta encontrar um jeito de sair daquele lugar. A garota é surpreendida pela mulher centopeia que quer a joia de quatro almas, e sem saber o que fazer para se salvar desse perigo, ela clama por ajuda e acaba acordando Inuyasha de seu longo sono. 

Ao cair dentro do poço e atravessar para outro mundo no passado, Agome encontra Inuyasha adormecido na árvore com uma flecha no peito.

A prova definitiva de que Agome tem uma forte ligação com a sacerdotisa kikyou (Agome é a reencarnação dela) é a sua capacidade de quebrar o feitiço que mantinha Inuyasha adormecido. Sendo assim, depois de libertado, o meio youkai destrói a mulher centopeia e Agome fica muito agradecida, porém, logo ela percebe que o rapaz quer algo em troca. Inuyaha tenta roubar mais uma vez a joia de quatro almas para se tornar um youkai completo e mais poderoso. Agome, ajudada pela irmã de kikyou, faz com que inuyasha não seja capaz de roubar a joia (através de um simples e eficiente feitiço), porém, mesmo assim, ele ainda continua ao lado de Agome para protegê-la, já que ela é a reencarnação da sacerdotisa e carrega o mesmo fardo que ela.

O fardo da sacerdotisa agora passa a ser o fardo de Agome.

Muitos youkais começam a procurar pela joia. A jovem colegial, que não tem o mínimo treinamento de uma sacerdotisa, acaba se envolvendo em muitos perigos. Ela também faz a besteira de quebrar a joia em centenas de pedaços, que se espalham pelo Japão feudal inteiro. Sendo assim, a missão de Agome, juntamente com Inuyasha, é reunir todos os pedaços da joia de quatro almas. Porém, essa não é uma tarefa fácil e por isso grande parte do desenvolvimento da história (os mais de 170 capítulos, incluindo Inuyasha Kanketsu-hen) estão relacionados com os protagonistas e tantos outros personagens em busca dos fragmentos dessa valiosa bolinha. 

Turma dos mocinhos: Inuyasha, Agome, Miroki (ou Miroku), Sango, Shippo e Kirara.
Turma dos vilões: Naraki, Kana,Kagura, o bebê(que eu não sei o nome rsrs) e Kohaku(o irmão mais novo de Sango).
Turma dos indecisos: Sesshoumaru, Jaken e Rin.

A relação de Agome e Inuyasha é bastante turbulenta. Os dois brigam quase que o tempo todo, porém, sempre que Agome corre perigo, Inuyasha faz de tudo para salvá-la. Quando os dois se veem pela primeira vez, fica claro que Inuyasha enxerga a sacerdotisa em Agome. Porém, depois de se conhecerem melhor, Inuyasha percebe que Agome tem uma personalidade muito diferente da personalidade de sua antiga amada. Agome sabe que Inuyasha é atormentado por um amor do passado, mas ela também sente que Inuyasha está apaixonado por ela, e no final das contas, o que vemos é uma nova chance de que essas duas almas condenadas possam ficar unidas.

Às vezes é difícil esconder os sentimentos...

Muitas coisas emocionantes, revoltantes e de doer o coração também acontecem, como as armações inescrupulosas de Naraki, a volta de kikyou (fazendo com que o coração de Inuyasha fique dividido, já que ele também está apaixonando por Agome), as histórias dos amigos que os protagonistas encontram pelo caminho (Miroki, Sango, Shippo, Kirara, Sesshoumaru etc).


Também há aquelas cenas ilárias, em que os personagens secundários se fazem muito importantes, há também outras cenas chatas e tantas outras que nos mostram o quanto um anime Shonen pode ser bom mesmo tendo seus altos e baixos.


Inuyasha morrendo de ciúmes de Kouga, o youkai lobo que se apaixona por Agome.

Brigas infanis entre Inuyasha e Kouga rsrs
De vez em quando, Inuyasha vai atrás de Agome na Era moderna, ele é o único (além de Agome) que pode atravessar o poço e viajar no tempo.

Muitas lições podem ser aprendidas, uma das mais importantes (em minha opinião) é que o amor incondicional pode vencer qualquer mal e que a amizade é o alicerce que nos dá força para ficar de pé no meio de uma ventania de sofrimentos. 

O que mais me intriga em Inuyasha: Como uma única alma pode habitar dois corpos? Só pode ser magia negra das brabas rsrs

Inuyasha foi o primeiro anime que assisti pelo PC, antes disso, só pela TV aberta, como Sakura Cardcaptors, Dragon Ball Z, Digimon, Pokemón...

Levei muito tempo para ter um computador em casa, por isso, ver Inuyasha foi quase como uma realização de um sonho (ou melhor, foi sim a realização de um sonho, literalmente! Eu chegava a sonhar com o dia em que eu assistiria esse anime até o fim). Inuyasha me abriu as portas para o mundo da infinidade de animes, os animes que eu tanto amo! Por isso ele é especial pra mim, e com certeza foi a melhor escolha para ser minha primeira resenha.


Cena de Inuyasha Kanketsu-hen, onde o desfecho do anime acontece.

Espero que tenham gostado, tenho certeza que ao longo tempo irei melhorando, só acho que será muito difícil ser imparcial no que diz respeito aos meus personagens favoritos (no caso de Inuyasha, minha personagem preferida é a sacerdotisa Kikyou, por isso acabo às vezes me focando nela ao invés de Agome, que é a protagonista), mas acho que isso acontece por que meu coração fala mais alto rsrs



Até a próxima!



14 comentários:

  1. parabéns a resenha esta otima, estou começando a assistir de novo, tinha iniciado mas com a correria não pude continuar, agora ja peguei todos os episodios e vou ver, mas amo ambos personagens e vou ate o final dessa vez rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Que bom que gostou! Inuyasha é um dos animes que eu mais tenho saudade, um dia volto a assistir tudo de novo! rs

      Excluir
  2. Minha prima me apresentou esse anime em 2005 e logo de cara ja amei rs. Antes dele so assistia pokemon porisso tbm tenho um carinho eespecial por ele. Infelizmente não consegui terminar de assisti - lo mas espero ainda conseguir rs. Amo seu blog, me identifiquei mt cm ele ja q meus amgs n gostam mt de animes e mangas e minha prima (a q me apresentou Innuyasha) esta morando mt longe. Vc esta de parabéns! Por favor continue postando fanfics, OMCEs rs e td mais. 😁😊

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada mesmo! Fico feliz que esteja gostando do blog!

      Excluir
  3. Kagome, não Agome c:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agome: dublagem em português
      Kagome: dublagem em japonês
      ;)

      Excluir
  4. "Turma dos indecisos"
    hahahaha, adorei sua resenha. Fiz a minha também, se puder ler agradeço!!
    Beijos

    http://pergaminhosnamesa.com/2014/07/29/inuyasha/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obrigada! Essa é a primeira resenha desse blog hahaha ô nostalgia! quero muito ter a oportunidade de ver tudo de novo um dia.

      Vou dar uma olhadinha lá ^^

      Excluir
  5. Na minha opinião um dos melhores animes já criados cenas de ação romance comédia e de reflexão .. Eu me lembro de quando passava na TV Globinho e nunca chegou a terminar .. Estou voltando a assistir agora é dessa vez vou terminar de vê-lo .. Ótima resenha nem pareceu ser a primeira .. Sesshoumaru é o meu personagem favorito kkk desde criança imaginava alguém como ele em todos os animes que já assisti .. .-.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Inuyasha sempre vai ser um anime muito especial pra mim, até por que foi ele que "abriu portas" para os outros.
      O sentimento de poder continuar a ver esse anime depois de tanto tempo (o que também aconteceu comigo, que comecei a vê-lo na TV globinho e só anos depois consegui finalizá-lo) é muito bom.
      Aproveite bastante! Por que vai ser inesquecível!

      Excluir
  6. https://spiritfanfics.com/historia/fanfiction-inuyasha-inuyasha--o-destino-de-sesshomaru-5720820 muito legal como ela conta a história eu adorei

    ResponderExcluir
  7. Amei sua resenha bem elaborada ...Meu primeiro anime foi YuYu Rakoshi,porém Inuyasha me cativou de tão maneira que fez eu decidir a voltar a assistir animes novamente...Inuyasha é um anime inesquecível ,inigualável na minha humilde opinião ...Só discordo de um ponto em relação ao personagem preferido ,o meu é o Sesshumaru depois de Inuyasha é claro,nada contra a Kykio pois ela foi mais uma vítima das tramoias do Naraku.Seshumaru é um personagem fascinante que amadureceu mto ao longo do anime ,imponente ,amava ver suas lutas ,não se alterava ,sereno..Obrigada pela resenha ...

    ResponderExcluir